Nélio Bizzo Arquivos » Wallace: evolucionista esquecido?

2

ter

Wallace: evolucionista esquecido?

Categoria: Ciência

Wallace: evolucionista esquecido?

Uma postagem em um blog [http://biogeoamazonica.blogspot.com] traz comentários sobre um artigo  publicado no boletim da sociedade lineana. A questão central se refere a algumas questões que Wallace teria abordado e que seriam conceitos-chave para a teorização que Darwin vinha fazendo enquanto escrevia o livro que viria a ser publicado como “Origem das Espécies”, em 1859.

No artigo que lhe serve de base [http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/bij.12081/abstract] Roy Davies argumenta que Darwin recebeu elementos decisivos nas duas cartas que recebeu de Wallace, e que a cronologia do recebimento relatada por Darwin e presumida pelos registros do correio britânico simplesmente não batem. Elas teriam sido recebidas muito antes do que se pensa e teriam sido estudadas cuidadosamente, servindo de base para os capítulos que  Darwin escrevia naquele momento.

De fato, existe uma “zona cinzenta” nesse episódio, uma vez que a carta de 1858 na qual Wallace encaminha o original de seu trabalho a Darwin nunca foi encontrada, embora o ensaio que a acompanhava tenha sido publicado conjuntamente.

Minha opinião até o momento, expressada diversas vezes em diversos escritos e palestras, é a de que o contato entre Darwin e Wallace sempre foi amistoso, desde o primeiro contato pessoal que tiveram, em um encontro acidental na seção de insetos do Museu Britânico, antes da famosa viagem de Wallace ao arquipélago malaio. O artigo com a chamada “Lei de Sarawak” foi elogiada por Darwin, que o tinha remetido a Lyell, o qual lhe dissera ter admirado o escrito.

Essa notícia, dada a Wallace por Darwin por carta, foi um estímulo para que ele continuasse a refletir sobre a questão. Isso, em si, não configura nenhum tipo de apropriação, mesmo porque a “lei” em si não trazia nenhum fato absolutamente novo. A questão da extinção das espécies já era conhecida de há muito e os próprios Darwin e Lyell tinham tido contato com a chamada “Analogia de Brocchi”, publicada em 1814, na qual o princípio da existência limitada das espécies no tempo geológico, em termos absolutamente modernos, já era anunciada.

Em junho de 1858 Darwin estava reescrevendo o capítulo VI de seu “Big Species Book”, como ele o chamava provisoriamente, que se transformaria no capítulo IV do Origem das Espécies, exatamente o capítulo sobre Seleção Natural. Ele se desviou do assunto, no entanto, ao embrenhar-se pelo “princípio da divergência”, sobre o qual ele dizia ter ocorrido a ele, como uma grande “pedra angular” de seu livro. No entanto, ao reescrever o capítulo para publicação, acabou deixando de lado o assunto, e não o desenvolveu como parece que pretendia. Teria ele se desviado por conta das cartas de Wallace?

Eu já expressei diversas vezes minha opinião de que o que mais chamou a atenção de Darwin nos escritos recebidos de Wallace – tenham sido recebidos em maio ou em junho, não importa – tinha sido o “princípio da reversão”, sobre o qual ele estava escrevendo e que era apresentado por Wallace justamente no início do ensaio como uma das provas da evolução. Darwin tinha razões muito pessoais e dramáticas para meditar no assunto. Mas isso ficará para uma próxima postagem, se meus leitores quiserem que eu estique esse assunto. Mas voltemos a Wallace.

Acabo de receber um link de um filme sobre Wallace, legendado em português, que aborda sua “viagem esquecida” `a Malásia, depois de ter sobrevivido ao naufrágio do navio que o levava do Brasil de volta para a Inglaterra, junto com um carregamento de óleo de copaíba, que se incendiou junto com todos seus insetos, macacos etc. Uma rica coleção que se perdeu completamente, quase levando-o junto!

A viagem da Malásia/Indonésia/Singapura foi determinante para sua visão não apenas de natureza, mas também de sociedade!

O vídeo, que me foi encaminhado por Ildeu Castro Moireira (obrigado Ildeu!):

Mais Populares

Charles Darwin gritou Eureka?

Categoria: Ciência

Charles Darwin gritou Eureka?

Lactose: novo “veneno” a evitar? (Parte 2 – final)

Categoria: Blog

Lactose: novo “veneno” a evitar? (Parte 2 – final)

Esse site é validado pela W3C, desenvolvido de acordo com os padrões de conteúdo e acessibilidade.