Nélio Bizzo Arquivos » Palestra “DARWIN e ARISTÓTELES: discutindo a relação” – III

12

dom

Palestra “DARWIN e ARISTÓTELES: discutindo a relação” – III

Categoria: Blog

Palestra “DARWIN e ARISTÓTELES: discutindo a relação” – III
Na História Natural, nas ciências da vida, Aristóteles teve muitos seguidores. Um deles foi Carlos Lineu, um marco nas ciências biológicas.

Na História Natural, nas ciências da vida, Aristóteles teve muitos seguidores. Um deles foi Carlos Lineu, um marco nas ciências biológicas.

Uma flor que não produz sementes? Como os aristotélicos modernos, como Lineu, explicaram isso?

Uma flor que não produz sementes? Como os aristotélicos modernos, como Lineu, explicaram isso?

Lineu tomou emprestado um termo empregado por Aristóteles para designar as formas "inúteis": monstruosidades!

Lineu tomou emprestado um termo empregado por Aristóteles para designar as formas “inúteis”: monstruosidades!

Darwin, que conhecia Lineu (e possivelmente não sabia a origem do termo), falou das "monstruosidades", e as definiu como simples variedades!

Darwin, que conhecia Lineu (e possivelmente não sabia a origem do termo), falou das “monstruosidades”, e as definiu como simples variedades, ou seja, podem ser explicadas exatamente como as formas naturais.

E as extinções? O que elas representavam para Aristóteles?

E as extinções? O que elas representavam para Aristóteles?

Para Aristóteles, as extinções eram algo impensável! Era impossível que houvesse ocorrido extinções no passado. O mundo teria mudado, não seria mais perfeito!

Para Aristóteles, as extinções eram algo impensável! Era impossível que houvesse ocorrido extinções no passado. O mundo teria mudado, não seria mais perfeito!

E para Darwin! para ele, as extinções eram simplesmente inevitáveis! Muitas extinções teriam ocorrido e ainda iriam ocorrer. Ele previu (corretamente) a extinção do lobo das Malvinas, o que infelizmente ocorreu ainda no século XIX.

E para Darwin! para ele, as extinções eram simplesmente inevitáveis! Muitas extinções teriam ocorrido e ainda iriam ocorrer. Ele previu (corretamente) a extinção do lobo das Malvinas, o que infelizmente ocorreu ainda no século XIX.

Em suma, as explicações de Darwin e Aristóteles são semelhantes para os órgãos rudimentares ou vestigiais, para as extinções, para a dinâmica da natureza?

Em suma, as explicações de Darwin e Aristóteles são semelhantes para os órgãos rudimentares ou vestigiais, para as extinções, para a dinâmica da natureza?

 

OU são dois sistemas absolutamente incompatíveis? Esta é a opinião de muitas pessoas e o palestrante se inclui entre elas. Portanto, cuidado com o finalismo aristotélico no ensino da Biologia!

OU são dois sistemas absolutamente incompatíveis? Esta é a opinião de muitas pessoas e o palestrante se inclui entre elas. Portanto, cuidado com o finalismo aristotélico no ensino da Biologia!

Chegamos ao final da palestra!

Chegamos ao final da palestra!

FINAL DA PARTE III – Deixe seu comentário, inclusive sobre essa forma de postar palestras. O que você acha de fazer isso com outras?

Mais Populares

Charles Darwin gritou Eureka?

Categoria: Ciência

Charles Darwin gritou Eureka?

Lactose: novo “veneno” a evitar? (Parte 2 – final)

Categoria: Blog

Lactose: novo “veneno” a evitar? (Parte 2 – final)

Esse site é validado pela W3C, desenvolvido de acordo com os padrões de conteúdo e acessibilidade.