Nélio Bizzo Arquivos » FUVEST 2018 – 2a. Fase

10

qua

FUVEST 2018 – 2a. Fase

Categoria: Blog

FUVEST 2018 – 2a. Fase

Veja em detalhes a correção da prova de Biologia, com destaque  no sentido de mostrar a pertinência da questão e as diversas habilidades necessárias para sua solução. Um texto de aprofundamento é oferecido a seguir, permitindo perceber a pertinência da questão. Comentários serão sempre bem vindos!

Q11a

SOLUÇÃO:

a- O fluxo de água para a calha de rios, em função da ocupação do solo, em terrenos de igual declividade, varia como demonstrado a seguir.

Q11correcao

b- A afirmação se refere ao uso do solo, pois a remoção da cobertura vegetal tem consequência direta na estrutura e permeabilidade do solo . A cobertura florestal protege o solo da erosão, que é minimizada com a manutenção de vegetação de porte herbáceo.  A permeabilidade do solo permite a retenção de água da chuva, o que retarda a sobrecarga das calhas dos rios. A urbanização traz, entre outras consequências, a impermeabilização do solo, fazendo com que a água da chuva se acumule rapidamente em áreas mais baixas, aumentando a vulnerabilidade do sistema a distúrbios meteorológicos. Como exemplo dessas diferentes formas de ocupação do solo temos inundações em áreas urbanas e assoreamento de rios em áreas rurais sem cobertura adequada do solo. Um exemplo dramático pode ser localizado na maior tragédia ambiental do país, com o rompimento de barragem que retinha rejeitos de mineração no Vale do Rio Doce, com morte de várias pessoas, destruição de pequenas cidades e centenas de moradias, extinção de espécies, inclusive endêmicas, além de diversos impactos ambientais de difícil reversão, ao longo do rio e até mesmo no litoral, a centenas de quilômetros de distância.

Veja um texto que discute essa questão:

Vulnerabilidade

Mais Populares

Baiacu: Com apenas quatro dentes e tão perigoso!

Categoria: Animais

Baiacu: Com apenas quatro dentes e tão perigoso!

Obesidade: estamos mesmo…

Categoria: Nutrição

Obesidade: estamos mesmo…

Esse site é validado pela W3C, desenvolvido de acordo com os padrões de conteúdo e acessibilidade.